Assim como as atividades econômicas, as praias de Pernambuco também vão passar por um processo de reabertura gradual. Os detalhes devem ser anunciados nos próximos dias pelo governo do estado e a liberação está sendo estudada para acontecer a partir da próxima semana, a depender da manutenção da curva descendente da Covid-19 nas cidades banhadas pelo mar. Entre as etapas, o comércio será o último a ter as atividades retomadas, incluindo as barracas e quiosques da orla. Porém, a reabertura da praia, mesmo que de forma gradativa, promete impulsionar o turismo pernambucano, que já teve perdas de R$ 2,52 bilhões nos três meses da pandemia, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo.